Por
8 de junho de 2015

A coordenação do jornal Fala Roça anunciou neste sábado (06/06) os novos voluntários do projeto. A reformulação na equipe – composta por 12 pessoas – visa dar oportunidades a jovens que têm interesse em comunicação comunitária e impressa. A partir das novas funções, a equipe será responsável por preparar as próximas edições do jornal.

mosaico1A coordenação foi dividida em três áreas: execução, produção e edição. Formada em Publicidade e Propaganda na UniverCidade, Michele Silva, 25 anos, assumiu a coordenadoria executiva do jornal. A jovem também coordena o Viva Rocinha, uma mídia comunitária da Rocinha na plataforma digital.

Os estudantes de Comunicação Social da PUC-Rio, Michel Silva, 21 anos, e Beatriz Calado, 21 anos, completam a coordenação. Michel assume a produção e Beatriz atuará na edição do conteúdo impresso. Beatriz fazia parte da TV PUC, do Projeto Comunicar da PUC-Rio, e agora é estagiária do jornal carioca O Dia.

Michel atua com comunicação comunitária desde 2011 e é responsável pelo Viva Rocinha. Além disso, trabalhou na cobertura da Copa do Mundo 2014 pela Coca Cola Brasil. Atualmente ele é estagiário na área de ação social no Instituto Moreira Salles, na Gávea, zona sul do Rio.

Marcelo Junior, 25 anos, é estudante de Engenharia de Produção na Unicarioca. Morador do Vidigal, comunidade vizinha a Rocinha, ele é responsável pela área financeira do jornal. Assim como outros integrantes, a chance de ganhar experiência foi um fator importante para tornar-se voluntário. “Vejo uma oportunidade de crescimento profissional tendo cobrança sem ser comissionado, apenas por gostar e é uma oportunidade de conhecimento em uma área que não tenho experiência nenhuma.”, conta ele.

mosaico2Em busca de novas experiências na vida, a jovem Tainara Lima, 20 anos, atuará na assessoria de imprensa da equipe. Apesar da inexperiência com a imprensa, ela é comunicativa e espera adquirir experiência com outros integrantes do jornal que já trabalham com comunicação.

Déo Martins, 22 anos, é um dos idealizadores do Intervem Favela. O projeto é um movimento coletivo de articulação sociocultural e participação popular através de intervenções nos espaços públicos da Rocinha. Com a experiência adquirida nas intervenções culturais, o jovem aplicará seu conhecimento com eventos no Fala Roça.

Formada em Gestão Empresarial pela universidade Castelo Branco, Monique Silva, 24 anos, será responsável por captar recursos através de editais.

A diagramação será comandada pelo estudante de Publicidade da PUC-Rio Rafael Bressan, de 22 anos. Recentemente, ele estudou Artes e Tecnologia na Saxion University of Applied Sciences, na Holanda. A parte fotográfica do jornal ficará com o fotógrafo Rodolfo Menezes, de 20 anos, estudante de Publicidade na PUC-Rio. Ele será o responsável por registrar as fotos para o Fala Roça com um toque de fotojornalismo.

mosaico3Os correspondentes locais são muito mais que moradores. Eles são articuladores locais. Conhecem os becos e vielas da localidade onde moram, possuem afetividade com os moradores e indicam boas pautas para o jornal. Para essa função, convidamos os moradores Jorge Ricardo “Kadinho” e Michelle Lacerda.

Para completar a equipe, a carioca Sheila Nogueira, 45 anos, prestará consultoria para o jornal. Ela é formada em Serviço Social pela UERJ e pós-graduada em Planejamento de Políticas Sociais pela FSS/UERJ. Atua a mais de 20 anos na elaboração e gestão de projetos sociais, especialmente voltados para jovens.

Faça um comentário

Categoria: Internas
Tags: , , , ,